QUARTA-FEIRA DE CINZAS

Cinzas

CONVERTEI-VOS E CREDE NO EVANGELHO

Depois do carnaval, a Igreja entra em um período de silêncio e é assim que devemos estar. Em um mundo tão barulhento Deus chama o homem a silenciar. Só assim o homem tomará consciência do que ele é, e de quem Deus é.

Não podemos viver neste mundo sem caminhar para um lugar. Se não temos uma meta, passamos viver ao léu, mas São Paulo diz em sua carta que este é o tempo favorável, é preciso escutar a Deus. É tempo de escutar a convocação que Deus nos faz.

Neste 40 dias vamos buscar voltar para Deus. Fomos criados para estarmos juntos com o Senhor, mas o mundo tem nos afastado do Senhor. E agora Deus clama: ‘Volta para mim! Volta ao meu coração!’

Precisamos fazer como Davi, reconhecer o nosso erro. Esses 40 dias é tempo de reconhecermos que falhamos, erramos, mas precisamos ser melhor, precisamos clamar a misericórdia do alto. Quaresma é tempo de revisão. É tempo de perguntar: Diante do Senhor como estou? Como estou diante dos irmãos? E diante de mim mesma?

Deus mandou Seu Filho para morrer por nós. É tempo dos namorados reverem como está o relacionamento, e dos pais verem como está o tratamento com seus filhos e vice-versa.

Vivemos em uma sociedade egoísta, mas não dá para o cristão ser egoísta, pois Deus deu tudo por nós. O Evangelho diz que é preciso dar esmola. Então doe. Doe roupas e coisas simples. Oferecer o lugar no ônibus, no metrô para uma pessoa mais velha, isso é caridade. faça este propósito. Saia de si para os outros.

As vezes fazemos a penitência de não comer, mas também é penitência doar-se ao outro. Dar tempo ao outro.
E no Evangelho também diz: orai. Eu deixo a dica, no momento em que você estaria na internet, entre no seu quarto e reze, converse com Deus, doe um pouco do tempo que você estaria no facebook e reze. Reze com a Palavra de Deus, leia a passagem da Bíblia.

Jesus também fala no Evangelho sobre jejum. Jejum não é dieta. A dieta quem prescreve é o médico, mas o jejum é prescrito por Deus, o jejum fortalece o espírito, fortalece a carne para estar com Deus, cria-se na alma o desejo para estar com Deus.

A quaresma não é tempo de comemorações, festas, é um tempo de reflexão para estar mais com Deus. Não é tempo de comilância, mas é tempo de recolhimento. Nós mudamos o tempo da quaresma, e queremos fazer da quaresma como queremos.

Hoje quarta-feira de cinzas para lembramos que somos pó e para pó voltaremos, e ao colocar a cinza, lembre-se e preste atenção o que lhe falará o ministro.

________________________

Jejum da Igreja:

Fazer apenas uma refeição completa durante o dia e, caso haja necessidade, tomar duas outras pequenas refeições que não sejam iguais em quantidade à habitual ou completa.

Não fazer as refeições habituais, nem outros petiscos durante o dia (nem mesmo cafezinho, chimarrão etc).

Estão obrigados ao jejum os que tiverem completado dezoito anos até os cinqüenta e nove completos. Os outros podem fazer, mas sem obrigação.

Grávidas e doentes estão dispensados do jejum, bem como aqueles que desenvolvem árduo trabalho braçal ou intelectual no dia do jejum.

Abstinência:

Deixar de comer carnes de animais de sangue quente (bovina, ovina, aviária, etc), bem como seus caldo de carne.

Permite-se o uso de ovos, laticínios e gordura. Estão obrigados à abstinência os que tiverem completado quatorze anos, e tal obrigação se prolonga por toda a vida.

Grávidas que necessitem de maior nutrição e doentes que, por conselho médico, precisam comer carne, estão dispensados da abstinência, bem como os pobres que recebem carne por esmola.

Quarta-feira de Cinzas: jejum e abstinência obrigatórios.

Sexta-feira Santa da Paixão do Senhor: jejum e abstinência obrigatórios.

Demais dias da Quaresma, exceto os Domingos: jejum e abstinência parcial (carne permitida só na refeição principal/completa) recomendados.

Demais sextas-feiras do ano, exceto se forem Solenidades: abstinência obrigatória, mas não o jejum.

Essa abstinência pode ser trocada, a juízo do próprio fiel, por outra penitência, conforme estabelecer a conferência episcopal (no Brasil, a CNBB estabeleceu qualquer outro tipo de penitência, como orações piedosas, prática de caridade, exercícios de devoção etc).

Fontes: http://www.cancaonova.com/portal/canais/eventos/novoeventos/cobertura.php?cod=2521&pre=6884&tit=Convertei%20e%20crede%20no%20evangelho 

http://www.veritatis.com.br/

Postado em: https://carloslopesshalom.wordpress.com/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s