ATO DE OFERECIMENTO DE SI MESMA COMO VÍTIMA DE HOLOCAUSTO AO AMOR MISERICORDIOSO DE DEUS

sta_terezinha 

ATO DE OFERECIMENTO DE SI MESMA COMO VÍTIMA DE HOLOCAUSTO AO AMOR MISERICORDIOSO DE DEUS

santa-teresinha-do-menino-jesus-thumbMeu Deus! Trindade Bem-aventurada, desejo AMAR-VOS e vos fazer AMAR, trabalhar para a glorificação da Santa Igreja, salvando as almas que estão sobre a terra e libertando as que sofrem no purgatório. Desejo cumprir, perfeitamente, vossa vontade e chegar ao grau de glória que me preparastes, em vosso reino, numa palavra, desejo ser Santa, mas sinto minha impotência e vos peço, ó meu Deus! Sejais vós mesmo minha SANTIDADE.

Pois que me amastes, a ponto de dar-me vosso Filho único para ser meu Salvador e meu Esposo, os tesouros infinitos de seus méritos são meus, eu vo-los ofereço, com alegria, suplicando-vos que me olheis através da Face de Jesus e em seu Coração ardente de AMOR.

Ofereço-vos, ainda, todos os méritos dos Santos (que estão no Céu e sobre a terra), seus atos de AMOR e os dos Santos Anjos; enfim, ofereço-vos, ó BEM-AVENTURADA TRINDADE! o Amor e os méritos da SANTÍSSIMA VIRGEM, MINHA MÃE QUERIDA, é a ela que abandono minha oferta, suplicando-lhe vo-la apresentar. Seu Divino Filho, meu Esposo Bem-Amado, disse-nos durante sua vida mortal: "Tudo o que pedirdes a meu pai em meu nome, ele vo-lo dará!" Portanto, estou certa de que atendereis a meus desejos; eu o sei, ó meu Deus! quanto mais quereis dar, tanto mais fazeis desejar. Sinto em meu coração desejos imensos e é, com confiança, que vos peço vir tomar posse de minha alma. Ah! não posso receber a santa comunhão tantas vezes quanto desejo, mas, Senhor, não sois ONIPOTENTE?… Ficai em mim, como no tabernáculo, não vos afasteis jamais de vossa hostiazinha…

Quisera consolar-vos da ingratidão dos maus e suplico-vos tirar-me a liberdade de vos desagradar; se por fraqueza, cair alguma vez, que, logo vosso Divino Olhar purifique minha alma, consumindo todas as minhas imperfeições, como o fogo que transforma em si todas as coisas…

Agradeço-vos, ó meu Deus! todas as graças que me concedestes, em particular, de me ter feito passar pelo cadinho do sofrimento. É com júbilo que vos contemplarei, no último dia, empunhando o cetro da Cruz; pois que vos dignastes fazer-me partilhar desta Cruz tão preciosa, espero, no Céu, assemelhar-vos a Vós e ver brilhar em meu corpo glorificado os sagrados estigmas de vossa Paixão…

Após o exílio da terra, espero ir gozar de vós na Pátria, mas não quero acumular méritos para o Céu, quero trabalhar só por vosso AMOR, com o único fim de vos agradar, consolar vosso Coração Sagrado e salvar almas que vos amem eternamente. Na tarde desta vida, comparecerei perante vós com as mãos vazias, pois não vos peço, Senhor, contar minhas obras. Toda nossa justiça é manchada a vossos olhos. Quero, pois, revestir-me de vossa própria justiça, e receber de vosso Amor a posse eterna de Vós mesmo. Não quero outro Trono e outra Coroa senão Vós, ó meu Bem-Amado.

A fim de viver num ato de perfeito amor, OFEREÇO-ME COMO VÍTIMA DE HOLOCAUSTO A VOSSO AMOR MISERICORDIOSO suplicando-vos me consumir, sem cessar, deixando transbordar em minha alma as ondas de Ternura Infinita que estão encerradas em vós, e que assim eu me torne Mártir de vosso Amor, ó meu Deus!…

Que este Martírio após me ter preparado para comparecer perante vós, faça-me, enfim, morrer e que minha alma precipite-se, sem tardar, no eterno abraço de vosso Amor Misericordioso…

Quero, ó meu Bem-amado, em cada palpitar de meu coração, renovar-vos este oferecimento um número infinito de vezes, até que, dissipadas as sombras, possa repetir-vos meu Amor, num Face a Face Eterno!..

Maria Francisca Teresa do Menino Jesus e da Santa Face,
rel. carm., ind.,
Festa da Santíssima Trindade

Postado em: https://carloslopesshalom.wordpress.com

Anúncios

Um comentário em “ATO DE OFERECIMENTO DE SI MESMA COMO VÍTIMA DE HOLOCAUSTO AO AMOR MISERICORDIOSO DE DEUS

  1. S.Teresinha levou este ato muito a sério!!!Ela o escreveu e e fez questão que um sacerdote o lesse pra que sua oração estivesse correta do ponto de vista teológico,e de acordo com a Igreja.Ela sentiu a inspiração para compor esta oração durante uma missa na festa da SSma Trindade em 1895.Já estava imersa na sua Pequena Via,e como caminhava no amor,sentiu-se inspirada à este oferecimento,para viver mais profundamente esta entrega.Pensava o contrário de muitas irmãs no seu carmelo,que se entregavam aos rigores da penitencia e que esperavam numa Justiça Divina muito dura,mentalidade da época.Ela via que era pequena demais,pra subir a “dura escada da perfeição”,achava que se entregando ao amor,era o caminho mais perfeito para viver sua vida e ajudar a salvar as almas.Pela primeira vez em seus escritos fala no “amor Misericordioso” de Deus.Foi diante da imagem da Virgem do Sorriso,ajoelhada,junto com Celina,no dia 11 de junho de 1895 que Teresa se oferece como vítima de holocausto ao Amor Misericordioso.Toda vida de Teresa,é de decisões tomadas aos pés da Virgem Santíssima(veja o início do manuscrito A).
    Como os holocaustos do antigo Testamento,eram queimados inteiramente em honra de Deus,assim Teresa pedia a Deus que sua vida se consumisse totalmente no amor.Expressa sua idéia de comparecer diante de Deus ‘de mãos vazias’,porque não queria acumular os méritos,o que contava para ela era o amor.Outra idéia bem contrária à mentalidade da época!!!Sabemos pela Hist.de uma alma,que somente dois dias após fazer este oferecimento,S.Teresinha teve uma experiencia fortíssima do amor de Deus,sentiu-se toda mergulhada neste amor,com tanta intensidade,que pensou que se durasse mais tempo morreria!
    Este oferecimento de si mesma ao Amor,veio antes de sua grande e paradoxal provação da fé ,que começaria em 1896,e para o qual com certeza Deus a preparara.Uma pessoa que vive a Pequena Via,se sente como Teresa,inspirada a se oferecer ao amor Misericordioso de Deusr,e vivendo realmente esta entrega,chegará com mais facilidade a cumprir a vontade de Deus para ela.!Por fim,este ato de oferecimento teresiano,está perfeitamente de acordo com sua espiritualidade,de toda a vida,e através dêle podemos entender melhor Teresa que dizia ‘não são as riquezas,nem a glória,nem mesmo a glória do céu que eu ambiciono,o que eu quero é o Amor”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s