UM JUSTO PROTESTO CONTRA O CONGRESSO CONTINENTAL DE TEOLOGIA NA UNISINOS

Por:  Luís Eugênio Sanábio e Souza

(leigo, articulista católico em Juiz de Fora –Minas Gerais)

Juiz de Fora, 14 de junho de 2012

Excelentíssimo  Dom Zeno Hastenteufel,

Peço-lhe a benção.

Em conformidade com o cânon  212 § 2 § 3  do Código de Direito Canônico  (que nos fala do direito-dever dos fiéis de manifestar aos Pastores sagrados a própria opinião sobre o que afeta o bem da Igreja), respeitosamente peço à Vossa Exma. uma firme intervenção pastoral (cânon 810 § 2) no sentido de proibir a participação ativa de hereges confessos (entre eles o Sr. Leonardo Boff) no Congresso Continental de Teologia que se realizará em outubro na universidade jesuíta Unisinos sediada em São Leopoldo (RS).

Diversos meios de comunicação estão apontando o Vosso nome (Dom Zeno) como Bispo responsável diante deste eventual escândalo, pois o Congresso pretende apresentar as teses heréticas da Teologia da Libertação mediante a participação de hereges confessos (inclusive de fama internacional como Jon Sobrino – já advertido pela Santa Sé -).   Vários homens que frequentemente caluniam e agridem o Papa participarão do evento dentro de uma instituição eclesial e isso, como sabemos, contraria a disciplina canônica vigente (cânon 810 § 2) e as diretrizes dos documentos pontifícios  (sobretudo a Constituição Apostólica Ex Corde Eclessiae: Parte II : Artigo 5 § 2,  que fora composta pelo saudoso Beato João Paulo II).  

Em tempos recentes, o Sr. Leonardo Boff agrediu o Papa dentro de uma Pontifícia Universidade Católica e eu, consciente deste verdadeiro absurdo, denunciei o caso, mas posteriormente achei por bem limitar o alcance de minhas denúncias com o objetivo de evitar o escândalo que certamente iria prejudicar demasiadamente a vida de um Bispo.   Neste sentido, tive apoio do meu zeloso Arcebispo Dom Gil Antônio Moreira que me ajudou a resolver o impasse.   Agora, infelizmente, o problema se repete e eu não irei poupar energias para lutar em favor da moralização das universidades que os Bispos precisam respeitar.   Entendo que é preciso defender com todo vigor e firmeza a identidade católica das universidades e isso exige dos Bispos o exercício da autoridade episcopal.   Não é aceitável difundir idéias heréticas e calúnias contra o Santo Padre dentro de uma instituição eclesial.   Aqui não importa quem está organizando o evento, porque quem oferece espaço físico e apoio para palestrantes heterodoxos e de má fama, é também responsável pelo escândalo.

A notícia deste Congresso já repercutiu mal na Europa e diante disso a Unisinos lançou uma Nota de Esclarecimento para explicar que a Universidade Jesuíta está apenas cedendo o espaço e que a Comissão Organizadora é a responsável pelo evento.  Entretanto, tal justificativa é inaceitável porque é também imoral a conivência e a cooperação com o mal  (Catecismo da Igreja Católica n° 1868 e também n° 2480).

O Congresso lançou um site próprio :

http://www.unisinos.br/eventos/congresso-de-teologia/programacao/programa#

Segundo o site, já está confirmada a participação do Sr. Leonardo Boff e outros defensores dos desvios da Teologia da Libertação.   Foi também lançado na internet um duro protesto contra o Congresso :
http://fratresinunum.com/2012/06/11/congresso-latino-americano-claro-na-unisinos/

 

Feitas estas sérias considerações que tanto magoam aqueles que amam a sã doutrina católica e que valorizam a integridade moral e doutrinal das instituições eclesiais, confio no juízo pastoral de Vossa Exma. Dom Zeno Hastenteufel e por isso espero que providencie imediatamente o cancelamento deste Congresso ou pelo menos que seja proibida a participação de todos estes homens que comprovadamente denigrem e desrespeitam a doutrina católica.  A citada Constituição Apostólica Ex Corde Eclessiae nos lembra claramente que “cada Bispo tem a responsabilidade de promover o bom andamento das Universidades Católicas na sua diocese e tem o direito e o dever de vigiar sobre a preservação e o incremento do seu carácter católico.  No caso de surgirem problemas a respeito de tal requisito essencial, o Bispo local tomará as iniciativas necessárias para resolvê-los, de acordo com as Autoridades académicas competentes e de harmonia com os processos estabelecidos  e — se necessário — com a ajuda da Santa Sé” (Artigo 5 § 2).

Exmo. Dom Zeno, eu sou um homem que respeita as autoridades da Igreja e por isso mesmo estou escrevendo para o Sr. em respeito à Vossa posição de Bispo responsável pela região em que está localizada a Unisinos.    Este é meu primeiro passo em sinal de respeito à Vossa autoridade.   Contudo, humildemente confesso que, havendo necessidade, sei que minha consciência cristã me obrigará a estender o meu protesto para todos os Bispos do Brasil (mediante uma CIRCULAR),  para o Exmo. Núncio Apostólico Dom Giovanni D’Aniello e para as autoridades da Sé Apostólica.

Grato pela atenção, peço-lhe a benção.

Luís Eugênio Sanábio e Souza

(leigo, articulista católico em Juiz de Fora –Minas Gerais)

Postado em: https://carloslopesshalom.wordpress.com

Anúncios

3 comentários em “UM JUSTO PROTESTO CONTRA O CONGRESSO CONTINENTAL DE TEOLOGIA NA UNISINOS

  1. A Teologia(heresia) da Libertação expande-se graças a membros da Igreja apostasiados, que ao invés de a defenderem, são-lhe adversos; tem grassado em nosso meio em várias modalidades e sob a espécie de “marxismo cultural”, ou se preferir, interpretação da doutrina da Igreja repassando-a sob a ótica marxista, de forma sutil, pouco perceptível à primeira vista do texto.
    É muito lamentável o evento de tais fatos e há autoridades eclesiásticas envolvidas há bastante tempo que, além de coniventes, têem-na difundido de forma explícita; basta lembrar dos D Hélders e coligados ideológicos eclesiais e a quantidade de doutrinário-relativistas socialistas sacerdotes em ação, facilitando inclusive a expansão de seitas, dissensas entre si mesmas, por sinal.
    Isso em âmbito geral, sem referência indireta ou específica à Unisinos ou às autoridades locais onde haverá o congresso supostamente teológico.

  2. NA UNISINOS, O RECENTE CONGRESSO DA “TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO” DOS COMUNISTAS
    A “esquerdista” Teologia da Libertação-TL ou MARXISMO CULTURAL- MC – abreviado TL/MC – é uma heresia oriunda da Igreja católica que propaga a ideologia comunista sob forma de doutrina religiosa relativista, de fato, uma farsa para enganar os incautos; os termos doutrinarios da Igreja são reformulados em laboratórios de engenharia social sem aparentarem grandes diferenças, num processo sutil, contínuo e gradativo até à subversão total das pessoas na cartilha.
    Essa ideologização doutrinaria é repassada ao povo por sacerdotes rebeldes à Igreja e leigos simpatizantes, falsos profetas, traidores de Deus e da Igreja, agentes comunistas travestidos de cristãos, disseminadores do relativismo religioso, sendo dos favorecedores de ascensão do PT ao poder e (ou) mantenimento da comunização do país, da qual temos conhecidos nomes como os ex freis Boff, Betto, etc.
    O básico da cartilha da TL/MC é a socialização dos ensinamentos de Cristo, reduzindo-os a meros comportamentos humanos dentro de conveniencias ideológicas, toda a transcendencia é extirpada, ou seja, nada além da vida material, encaixando-se dentro da citação de S Paulo 1 Cor 15,32 ao recordar o poeta Menandro:…comamos e bebamos, pois amanhã morreremos.
    Lembrem-se do Lula contestando a passagem de Lc 18,25 que é “bobagem”: o reino do Céus aos pobres é aqui, agora…
    Em geral, todos os teólogos da libertação e leigos são vinculados ao PT (ou a outras ideologias marxistas), por sinal eleito por esses e muitos católicos alienados à fé, dando-lhe força para a instituição de aborto, uniões gays, ideologia do gênero que é a indução de crianças ao homosexualismo e muitas mazelas mais, e facilitar a alienação do povo para assegurar futura dominação do mesmo sob um governo totalitarista, materialista e ateu. Alguns desses padres infiltram-se também em muitos movimentos comunitarios, como CEBs, CIMIs e CPTs, insistindo num Jesus Cristo “revolucionário”, cujo milagre da multiplicação dos pães foi “solidariedade”, sem qualquer transcendência; assim, trocaram a “Certidão de Batismo” por “Certidão de petismo” ou ateísmo.
    Veja na net na íntegra: “Carta enviada por Fidel Castro ao presidente Chávez de como implantar o comunismo na Venezuela”, e teria sido repassada a Lula, as tramas e ciladas que usam para chegar ao poder.
    Os últimos 10 Santos Padres veementemente condenam a TL/MC, como o Papa Leão XIII na “Quod Apostolici Muneris”: “Os comunistas, socialistas e niilistas são uma peste mortal que como a serpente se introduzem por entre as articulações mais íntimas da sociedade humana, e a coloca num perigo extremo”, dentre similares, assim como o S Padre Bento XVI em sua ida à Alemanha, em Erfurt, classificou o comunismo e nazismo de “chuvas ácidas” e “peste vermelha” e “peste negra” respectivamente a cada um, e na “Libertatis Nuntius” condenações de igual teor.
    Aderir à esquerdista TL/MC, ao PT ou o eleger é apostasiar-se à fé católica e agregar-se a Satanás antecipadamente.

  3. PROVA DE QUE COMUNISMO SÓ FUNCIONA NAS TEORIAS DOS MALUCOS COMUNISTAS!
    ÓTIMO REGIME APENAS PARA OS DEVOTOS DA MULA SEM CABEÇA!
    Os alunos garantiam sempre ao professor que o socialismo do PT funciona.
    Ele disse: vamos fazer um teste socialista na classe. Todas as notas serão dadas com base na média da classe, e portanto notas “IGUALITARIAS”, dentro das propostas dos comunistas, embora falsas, de serem todos iguais.
    Todos receberão as mesmas notas, ninguém será reprovado e ninguém receberá um “A”.
    Na primeira prova todos receberam “B”. Quem estudou muito ficou indignado, mas os malandros ficaram satisfeitos com o resultado.
    Na segunda prova, os preguiçosos estudaram ainda menos – tirariam notas boas de qualquer forma. Já os que tinham estudado bastante no início resolveram que eles também se aproveitariam do esquema das notas, e a segunda média das provas foi “D”.
    Na terceira prova, a média geral foi um “F”. As notas não voltaram a níveis mais altos mas as desavenças entre os alunos, buscas por culpados e palavrões passaram a fazer parte da atmosfera das aulas. Queriam ‘justiça’, a principal causa das reclamações, inimizades, acusações e brigas que passaram a fazer parte da turma. No final das contas, ninguém queria estudar para beneficiar o resto da sala e todos os alunos não passaram na materia.
    O professor explicou: “o experimento socialista falhou porque quando a recompensa é boa, o esforço pelo sucesso individual é grande. Mas agindo como o governo comunista que elimina todas as recompensas ao tirar coisas dos outros para dar aos que não batalharam por elas, então ninguém mais vai tentar ou querer fazer seu melhor. Logo se percebe que tal atitude coincidiu justamente na “luta de classes”, uns disputando com os outros, é uma das medidas dos comunistas para instigarem umas pessoas contra as outras e desincentivar os talentos, bom para gerarem querelas gerais e eclosão de parasitas, os quais são os comunistas.
    Ninguém pode levar o mais pobre ao progresso apenas tirando a prosperidade do mais rico, pois para cada um recebendo sem ter de trabalhar, há uma pessoa trabalhando sem receber, além do mais o governo não consegue dar nada a ninguém sem que tenha tomado de outra pessoa e, ao contrário do conhecimento, é impossível multiplicar a riqueza tentando dividi-la.
    Quando metade da população tem a ideia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação.
    Onde os comunistas entram desarmonizam e destroem tudo: são demoníacos.
    Funciona o socialismo só na cabeça de comunistas que são malucos, dementes mentais, quererendo provar que 2 + 2 são 5 e esforçando para enfiar isso na cabeça dos outros na marra, sendo muito intolerantes, agressivos, truculentos, xiitas e talibans com quem discorde deles; o caso da vinda da YOANI ao Brasil mostrar as realidades de Cuba, dos cidadãos, melhor, escravos aprisionados pelos irmãos Castro, lembra-se?
    Equivale a acreditar na força da devoção à mula sem cabeça; quem vota neles, é devot0 e acredita!
    É + 1 demente em nosso meio necessitando suporte psiquiátrico!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s